Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O SOM DA GENTE

O SOM DA GENTE

26
Set14

POR TERRAS DA RAIA

somdagente

 

A Rádio Lafões e  O Som da Gente andou esta semana por terras da nossa raia.

Andámos por lá, calcorreando a fronteira que o Côa demarca e assim iremos, nas próximas semanas, trazer ao auditório reportagens de lugares únicos com costumes e vivências muito próprias.

Ouviremos falar de contrabando, de emigração a salto, das capeias raianas .

Relembraremos tempos difíceis, de gente que lutou e sobreviveu.

Sobrevivência que hoje se traduz em emprendimentos modernos como é o caso da Trutalcoa.

A nossa reportagem saltou de Portugal para Espanha e de Espanha para Portugal, entre Foios e Valverde del Fresno.

Estas reportagens em terras da raia, que passarão nos próximos programas de O Som da Gente, só foram possíveis  devido aos amigos José Manuel (primeiro a partir da esquerda), José Maria (segundo a partir da esquerda) e do Tó (o primeiro a partir da direita). Falta o outro elemento da equipa de reportagem, o fotógrafo que, como é óbvio, por dever de ofício, não pode estar no retrato com estes  bons amigos que aqui ladeiam o autor de O Som da Gente.

Para além de nos mostrarem a sua terra, irão falar da vivência dos seus antepassados que tiraram da terra o que esta lhes podia dar e apascentaram rebanhos por esta serra das Mesas. Montes calcorreados, à noite, por dezenas de contrabandistas e centenas de emigrantes que, a salto, procuravam o el dourado em terras de França.

Com estes bons amigos visitámos algumas povoações espanholas que ficam junto à fronteira.

Por eles conseguimos verificar que aqui todos, os portugueses e os espanhóis, são, na verdade, socialmente irmãos.

Por aqui, a linha de fronteira não separa, é traço de união entre duas nações que durante séculos viveram de costas voltadas.

Fotos: Alcides Riquito

  

19
Set14

A SOBREVIVENTE

somdagente

 

No passado sábado, 13 de Setembro, no Centro de Cultura de Castro Daire, a escritora Aurora Simões de Matos apresentou o seu último livro.

Trata-se de uma biografia ficcionada de Maria do Céu Trindade, que faleceu no Lar da Santa Casa da Misericórdia de Castro Daire, em Novembro de 2012, com perto de 110 anos.

Este livro aborda ainda os direitos e deveres da mulher no mundo rural do século vinte.

 

A propósito do lançamento deste último livro de Aurora Simões de Matos, a Rádio Lafões, nos noticiários da passada sexta-feira, divulgou o programa da apresentação que teria lugar, no dia seguinte, em Castro Daire.

No próximo Som da Gente, a autora, em entrevista, via telefone, vai falar do livro e divulgar alguns pormenores da vida longa da tia Maria do Céu.

Musicalmente será também passada alguma música com letras de dois poemas da Aurora musicados por Gervásio Pina.

Fotos do Facebook da escritora

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D