16 de Abril de 2010

 

A colecção automóvel do Museu do Caramulo começou numa ideia do Dr João Lacerda, um amante do desporto automóvel.

Na primeira sala está exposta a réplica do primeiro veículo do mundo com motor de explosão, o Benz a que se refere esta foto.

 

Uma particularidade dos veículos expostos no museu é o facto de todos se encontrarem em condições de circular.

 

 

Na sala das limusines, encontram-se carros ligados a momentos e personalidades da história recente de Portugal, como é o caso deste carro, o último utilizado por Oliveira Salazar.

 

Passeando pelo Museu do Caramulo, ficamos a par da história do automóvel, admirando, desde exemplares únicos, desportivos, de competição, até aos últimos utilitários e populares.

 

O Engº Tiago Patrício Gouveia, para além de explicar algumas curiosidades ligadas aos veículos expostos, no próximo programa de O Som da Gente, vai falar-nos dos Amigos do Museu do Caramulo e dos eventos que aquela instituição vai levando a cabo durante o ano.

 

Fotos:Alcides Riquito

publicado por somdagente às 11:15
09 de Abril de 2010

 

 

O Som da Gente, no próximo programa, vai subir até ao alto do Caramulo, onde, no lugar com o mesmo nome, vai visitar um dos sítios que marcam culturalmente a região.
O Museu do caramulo alberga uma vasta gama de obras de arte que vão da antiguidade à era moderna com destaque para artistas contemporâneos, dos melhores a nível internacional, como Salvador Dali ou Pablo Picasso.
O Museu foi ideia do dr Abel Lacerda, que morreu, num desastre de automóvel com apenas 36 anos de idade. O irmão, dr João Lacerda, continuou a obra acerescentando-lhe uma valiosíssima colecção de automóveis antigos a que faremos referência no programa de 18 de abril.
O nosso cicerone no Museu do Caramulo foi o jovem Director Engº Tiago Patrício Gouveia que nos falou da inicitiva do Dr Jerónimo Lacerda que, na primeira metade do século XX, transformou a pequena povoação do caramulo na maior estência sanatorial do país.
Com o aparecimento da cura para a tuberculose, foi necessário dar outro encaminhamento às óptimas infraestruturas aqui colocadas e que ainda hoje respondem cabalmente às exigências da vida moderna.
Assim, num espírito de generosidade e de mecenato nasceu o Museu do caramulo onde todas as obras expostas têm patente o nome do doador.
A última colecção do museu, entrou em 2005 e é constituída por mais de três mil brinquedos e miniaturas que pode ser vista numa das salas do rés-do-chão do museu.
É sobre a história da Fundação e das obras de arte expostas que nos falou o Director Tiago Patrício Gouveia.
Fotos: Alcides Riquito
publicado por somdagente às 11:40
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Acabo de ouvir e visualizar a 2ª parte da vossa re...
Acredito e aceito. Isto foi o que se conseguiu ap...
Esse sr.Antonio Silva meu vizinho e compradre e am...
Apraz-me dizer, que Deus lhes dê força para conti...
Fico com água na boca.Quero VER!Abraço
Amigo e Senhor Fernando Luís,Parabéns pelo excelen...
Olá boa noiteO meu nome é Dina Cruz e sou técnica ...
Quando escreveram (e cito): "Em 1959, aqui nasceu ...
Intereessante!... Um espaço a ter em conta!
Conheci o Prof. Zé Fernando há 30 anos. Já nessa é...
blogs SAPO