25 de Abril de 2008

Actuais ruínas das minas de Regoufe onde Agostinho Gralheiro foi capataz e depois patrão. Estas eram dos ingleses enquanto que as de Rio de Frades, a cerca de 10 quilómetros de distância, eram dos alemães

 

Agostinho Gralheiro nasceu em 1900, no arranque exacto do século passado, e é um dos nomes que entrou no nosso imaginário colectivo.

 

Nascendo do nada, chegou a ser um dos maiores na região, em dinheiro, em fama e outras coisas.

 

Era um homem inteligente com queda para o negócio.

 

Depois de se empregar, em Lisboa, num armazém de vinhos, é na sua terra, entre o S. Macário e a Freita, ligado à Companhia Brown, que chega a milionário, com a exploração do volfrâmio

 

Entre a I e a II Grande Guerra, foi ainda ferroviário, em Lisboa. Com a extradição de mister Brown por Salazar, Agostinho Gaspar Gralheiro fica com as minas do seu antigo patrão (as principais eram as de Regoufe) explora-as e vende-as, com o fim da guerra, por treze mil contos. Na época, era muito dinheiro.

 

É esta figura que O Som da Gente recorda no próximo programa, na palavra do seu filho, o advogado Jaime Gralheiro, comunicador nato e uma figura da cultura nacional.

 

 

publicado por somdagente às 11:40

Por imprevistos técnicos, o programa do passado domingo não foi emitido.

 

Pelo facto, apresentamos desculpas a todo o auditório

publicado por somdagente às 11:38
18 de Abril de 2008

 

 

Esta é a paisagem onde foi gravado o próximo O Som da Gente.

 

A pedido e em homenagem aos fieis ouvintes, num Abril de águas mil, vamos voltar ao vale do Paiva, aos moinhos do Arinho, junto à vila de Castro Daire, onde estivemos em finais de dois mil e seis.

 

Nos programas futuros, mais precisamente, a partir de 27 de Abril, vai passar pela antena da Rádio Lafões (93:00 ou 95:50 FM), aos domingos das 9 às 10 horas, com repetição às quintas-feiras, das onze à meia noite, uma das mais destacadas figuras da cultura regional e nacional, Jaime Gralheiro . 

Serão as estórias da nossa história.

publicado por somdagente às 19:54
11 de Abril de 2008

No edifício do Seminário Maior de Viseu, que recentemente sofreu obras profundas de requalificação, está patente, desde o passsado dia 1 de Março, a exposição subordinada ao tema "da Palavra à Imagem".

 

Partindo da Palavra Bíblica e recorrendo às peças de arte sacra dos seminários de Viseu e de Fornos de Algodres, do Paço Episcopal e da Igreja dos Terceiros, estão expostas, em diversos espaços, obras representativas e reveladoras da Palavra de Deus.

 

 

No próximo programa de O Som da Gente, na Rádio Lafões (93:00 e 95.60 FM), domingo das 9 às 10 horas e na 5ª feira das onze à meia-noite, pelo olhar da Dra Maria de Fátima Eusébio, vamos passar a imagem para a palavra visitando esta exposição.

 

publicado por somdagente às 14:33
03 de Abril de 2008

 

O edifício do Seminário de Viseu, junto ao Jardim de Santa Cristina, alberga, na sua imponência, páginas marcantes da história da cidade de Viseu dos últimos séculos.

 

Originalmente construído para convento, para a Ordem de S. Francisco de Nery , sob a protecção dos altos dignitários da Igreja viseense, passou depois a seminário.

Extinto este com a intervenção do poder político do estado, passou ali a funcionar uma unidade militar.

Por fim, por intervenção especial de Oliveira Salazar, é de novo e definitivamente seminário.

 

Há dois anos, o Seminário Maior de Viseu sofreu obras profundas de requalificação, feitas no respeito rigoroso para com a herança cultural deste edifício.

 

Foi aqui que a Dra Maria de Fátima Eusébio, do Departamento dos Bens Culturais da Diocese de Viseu, nos revelou alguns dados sobre a história do Seminário de Viseu.

É um som que irá passar pela antena da Rádio Lafões, das 9 às 10 horas, do próximo domingo, com repetição, na próxima quinta-feira, das onze à meia noite.

 

A visita à exposição, da Palavra à Imagem, que está patente no seminário, ficará para o programa de O Som da Gente de 12 de Abril.

 

Pode deixar aqui o seu comentário sobre o programa ou deixar sugestões para futuros programas. Ou, então, escreva-nos para: somdagente@sapo.pt

publicado por somdagente às 18:59
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Acabo de ouvir e visualizar a 2ª parte da vossa re...
Acredito e aceito. Isto foi o que se conseguiu ap...
Esse sr.Antonio Silva meu vizinho e compradre e am...
Apraz-me dizer, que Deus lhes dê força para conti...
Fico com água na boca.Quero VER!Abraço
Amigo e Senhor Fernando Luís,Parabéns pelo excelen...
Olá boa noiteO meu nome é Dina Cruz e sou técnica ...
Quando escreveram (e cito): "Em 1959, aqui nasceu ...
Intereessante!... Um espaço a ter em conta!
Conheci o Prof. Zé Fernando há 30 anos. Já nessa é...
blogs SAPO