16 de Junho de 2011

O programa de O Som da Gente desta semana foi gravado na povoação de Casal, na freguesia de Torredeita, concelho de Viseu, entre a antiga linha estreita do Dão e a actual auto-estrada que substituiu o IP5.

 Ernesto Monteiro, apesar de contar já 91 anos, aparenta ser um homem de meia idade.

Nem a maior contrariedade da vida (ficou viúvo ainda novo) tirou a alegria de viver a este homem que, como trabalhador, passou pela Companhia das Lezírias e foi também ferroviário na linha da Beira Alta.

Uma outra arte que desenvolveu, ao longo de muitos anos, foi a de enxertador, passando, nessa profissão, por muitas das vinhas de Torredeita e das freguesias vizinhas.

 Na terra, é também conhecido por o homem do violino, instrumento que ainda toca no Rancho Folclórico de Torredeita. Aliás, se falarmos dos que estiveram no início desta agremiação, Ernesto Monteiro é, hoje, o número um.

 

Há anos, apanhou grande susto quando, na função de enxertador, fez um golpe numa das mãos colocando assim em perigo o manuseamento do violino.

 

Felizmente esse percalço foi ultrapassado e assim, com 91 anos, Ernesto Monteiro confessa que, com treino, conseguirá atingir, na execução musical, o nível de outros tempos, por exemplo, os da época em que fazia parte da saudosa e histórica Tuna de Ferrocinto.

 Fotos: José António dos Santos Pereira

publicado por somdagente às 11:26
Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Acabo de ouvir e visualizar a 2ª parte da vossa re...
Acredito e aceito. Isto foi o que se conseguiu ap...
Esse sr.Antonio Silva meu vizinho e compradre e am...
Apraz-me dizer, que Deus lhes dê força para conti...
Fico com água na boca.Quero VER!Abraço
Amigo e Senhor Fernando Luís,Parabéns pelo excelen...
Olá boa noiteO meu nome é Dina Cruz e sou técnica ...
Quando escreveram (e cito): "Em 1959, aqui nasceu ...
Intereessante!... Um espaço a ter em conta!
Conheci o Prof. Zé Fernando há 30 anos. Já nessa é...
blogs SAPO