14 de Maio de 2010

 

José Soares conta 81 anos e nasceu no lugar de Gralheira, na freguesia de São Cristóvão de Lafões.

Nos tempos difíceis do início do séc. XX, começou a trabalhar na agricultura e depois na resina, utilizando, nesta indústria, as técnicas mais artesanais, antes da resinagem química..

Não conseguindo ir para o Brasil foi Moçambique o seu destino como emigrante.

Com carta de chamada para trabalhar no comércio, consegue, ainda neste ramo, estabelecer-se por conta própria chegando depois a motorista e encarregado de uma das principais empresas de camionagem de passageiros na antiga cidade de Lourenço Marques.

A transição para a independência daquele novo país levou-o a vive re presenciar alguns momentos de terror. No entanto, conseguiu chegar a Portugal são e salvo com a família trazendo ainda alguns haveres pessoais.

É esta história de vida que José Soares conta, na primeira pessoa, no próximo programa de O Som da Gente.

 

 

Actualmente José Soares toca viola no Grupo de Trajes e Cantares de S. Cristóvão de Lafões. Para além da viola, toca também cavaquinho, flauta e gaita-de-beiços como nos demonstrou tocando algumas modas que na sua juventude animavam os bailes de aldeia.

 

Fotos:Alcides Riquito

publicado por somdagente às 11:45
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Acabo de ouvir e visualizar a 2ª parte da vossa re...
Acredito e aceito. Isto foi o que se conseguiu ap...
Esse sr.Antonio Silva meu vizinho e compradre e am...
Apraz-me dizer, que Deus lhes dê força para conti...
Fico com água na boca.Quero VER!Abraço
Amigo e Senhor Fernando Luís,Parabéns pelo excelen...
Olá boa noiteO meu nome é Dina Cruz e sou técnica ...
Quando escreveram (e cito): "Em 1959, aqui nasceu ...
Intereessante!... Um espaço a ter em conta!
Conheci o Prof. Zé Fernando há 30 anos. Já nessa é...
blogs SAPO