29 de Março de 2008

 

Calcorreando mais uma vez a serra de Montemuro, O SOM DA GENTE, através da antena da Rádio Lafões, voltou ao Mezio.

 

Desta vez o amigo Clemente, que também faz cestos de palha centeia, amarada na silva, mostrou-nos um pisão que faz ainda burel e cerguilha.

 

Ao lado, dois jovens, de canivetes afiados, transformam a madeira mole de amieiro em interessantes peças de miniaturas artesanais.

publicado por somdagente às 22:25
22 de Março de 2008

No programa de amanhã, 23 de Março, para além de muita música dos nossos grupos regionais, falaremos das tradições pascais na nossa Beira. 
publicado por somdagente às 19:32
14 de Março de 2008

 

 

 

Quaresma é uma quadra marcante do tempo litúrgico para os católicos. Tempo de penitência, penitência pelos vivos e... pelos mortos.

No programa do próximo domingo, voltamos a Pindelo dos Milagres onde as senhoras Jesuína , Maria Alice e Adelaide nos recordaram a tradição do amentar das almas naquela freguesia.

Em Pindelo dos Milagres, como em outros lugares da região, nas sete semanas da quaresma, pela calada da noite, num misto de cantar e rezar, sete vezes os homens deambulam pela noite, cantando a mesma letra mudando a música de semana para semana.

Quando os homens abalaram, levados pela emigração, as mulheres não deixaram morrer a tradição.

No domingo de de Lázaro, domingo da Paixão, começa a semana dos gritos. A partir do domingo de Ramos, no início da semana maior, para os cristãos, a música do amentar das almas, em Pindelo dos Milagres, marca a semana dos martírios.

 

Informamos ainda que sobre a temática do amentar das almas, o Grupo de Cavaquinhos e Cantares à Beira, de Queirã e da autoria do Prof. Joaquim da Silva Mendes, editou em Março de 2006,notável trabalho, com excepcional apresentação gráfica, com o título "Os Cantos às Almas do Purgatório".

 

Também na vila de S. Pedro do Sul, em outros tempos, a Semana Santa era tempo de penitência. Eram as endoenças , com a procissão do enterro e o sermão do encontro.

Abel Rocha, no programa do próximo domingo, volta a lembrar-nos como eram célebres as cerimónias da semana santa, em S. Pedro do Sul.

 

 

É assim O SOM DAGENTE, na Rádio Lafões, aos domingos das 9 às 10 horas, com repetição às quintas-feiras das onze à meia noite, registando as nossas tradições e a nossa cultura.

 

publicado por somdagente às 16:01
01 de Março de 2008

 

Nos seus 86 anos, Henrique Ferreira de Almeida, é uma das memórias ainda vivas sobre a vida de Sul, uma das maiores freguesias do concelho de S. Pedro do Sul, no passado século  XX.

Como agricultor, conduziu, desde os 14 anos, as vacas de trabalho fazendo carretos, dentro e fora da freguesia, para casa e ao dia fora.

Na antiga feira de Sul servia comes e bebes principalmente aos muitos negociantes que frequentavam aquele forte mercado de gado.

No campo administrativo, foi um dos últimos regedores da freguesia de Sul.

Culturalmente, dirigiu espectáculos de teatro, a que prefere chamar récitas, e foi ainda ensaiador do Rancho Folclórico de Sul.

Henrique Ferreira de Almeida será o nosso contador da história em O SOM DA GENTE de 9 e 13 de Março.

Deixe aqui o seu comentário ou então escreva-nos para: somdagente@sapo.pt

publicado por somdagente às 12:12

 

Posmil é um lugar sossegado da freguesia de S. Martinho das Moitas, concelho de S. Pedro do Sul, na encosta nascente da serra de S. Macário.

Aqui nasceu um dos melhores artesãos, José Duarte Cardoso, conhecido , na terra, por José Ferreiro já que o pai, além de agricultor era também ferreiro.

José Cardoso faz, a partir de robustos troncos de pinho, todos os utensílios necessários para a arte de fazer a broa no forno a lenha, à boa maneira dos nossos avós: o tabuleiro, a poladeira , a pá...

Em miniaturas faz ainda todos os arreios e alfaias usadas na agricultura tradicional: o jugo das vacas, o carro de bois, a charrua, a grade... e o canastro.

Com imaginação fértil e mãos de artista, de um ramo de giesta representa uma árvore, de uma raiz uma cobra e, no interior de uma garrafa, com aguardente, encaixa um ancinho ou uma escada, com muita paciência.

José Duarte Cardodo, na antena da Rádio Lafões, pelo programa O SOM DA GENTE, em 2 e 6 de Março.

publicado por somdagente às 11:27
Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Acabo de ouvir e visualizar a 2ª parte da vossa re...
Acredito e aceito. Isto foi o que se conseguiu ap...
Esse sr.Antonio Silva meu vizinho e compradre e am...
Apraz-me dizer, que Deus lhes dê força para conti...
Fico com água na boca.Quero VER!Abraço
Amigo e Senhor Fernando Luís,Parabéns pelo excelen...
Olá boa noiteO meu nome é Dina Cruz e sou técnica ...
Quando escreveram (e cito): "Em 1959, aqui nasceu ...
Intereessante!... Um espaço a ter em conta!
Conheci o Prof. Zé Fernando há 30 anos. Já nessa é...
blogs SAPO